ESCAPES FERRARI 2012

A Ferrari tem apresentado interessantes inovações aerodinâmicas para a traseira de seu atual modelo 2012. Muito se comentou que talvéz estariam perdidos no que realmente fazer com seus escapes, onde colocar, posições, etc. Mas de perdido o pacote aerodinâmico da Ferrari não tem nada....Por incrível que possa parecer, é uma das traseiras de F1 mais engenhosas e detalhadas apresentadas até agora. Depois de testarem várias configurações de localizações para seus escapes, acredito que a atual seria a que mais gera downforce na traseira como um todo.
 
Analisando, pesquisando e estudando o formato, a teoria de funcionamento de sua aerodinâmica se mostra da seguinte forma:

Escapes:
Repare que agora estão localizados bem no centro do final das atuais canaletas dos sidepods.

Como enxergo seu teórico funcionamento:

Quando o carro está em baixa velocidade, os escapes sopram ligeiramente para cima, sobre a pequena asa na base do aerofólio traseiro ( vide seta amarela menor do lado direito ) . Mas quando o F1 está em alta velocidade, o ar desce, entra pelas canaletas dos sidepods e como é mais frio e denso, empurra o jato de ar quente dos escapes diretamente para baixo em direção ao difusor traseiro gerando downforce sobre o mesmo ( vide seta amarela maior do lado esquerdo).


Mas não é só isso, o ar que entra pela frente dos sidepods, passa pelos radiadores e sai acelerado pelos dois pequenos bocais nas pontas finais dos mesmos, bem ao lado dos escapes. Estes bocais engenhosamente jogam o ar todo para baixo diretamente nas fendas laterais do difusor, entre os pneus e o difusor, acelerando o ar por baixo da traseira do carro ( vide pequena seta verde ). Isso ajuda a manter parte do efeito baseado nos antigos difusores soprados de 2011. Além disso, essas novas saídas nos bocais laterais dos sidepods, fizeram com que o final da tampa do motor ficasse ainda mais fina, permitindo assim um maior fluxo de ar indo direto para a asa traseira. 

Então somando estes efeitos pode-se conseguir bons resultados para o atual campeonato, isso se seus pilotos souberem se adaptar e extrair ao máximo os teóricos benefícios desta interessante aerodinâmica dos carros de Maranelo. 


Autor dessa matéria, teoria e ilustração: Ubiratan Bizarro Costa (designer industrial automobilístico ).

@biradesigner2

Comentários

VEJA TAMBÉM:

A teoria do possível "segredo" da asa traseira da Ferrari

MONOFORMULA BK

PCP TARGA

Estranho dispositivo no assoalho da Ferrari 2017

BICO FORCE INDIA 2017