NOVO PCP RETRÁTIL, MAIS PROTEÇÃO PARA A CABEÇA DO PILOTO

Muitos já sabem da saga do PCP ( protetor de cockpit ), equipamento que criei em 2009 logo após a morte de Henry Surtees na F2, o acidente de Massa, e a morte de Senna difícil de engolir. Desde lá, envio o projeto do PCP para a FIA, discuto nas redes sociais, reportagens em alguns sites na net , etc, etc.  Até que em 2012 fui convidado por Charlie Whiting a mostrar meu projeto aos engenheiros do grupo O.C.R.G na sede da FIA em PARIS. Naquela reunião mostrei 3 modelos do PCP, os quais ficaram para serem estudados para sua viabilidade na F1.
Alguns dias depois me reuni em São Paulo com o próprio Charlie Whiting no grande premio de Interlagos para também discutirmos sobre o PCP.

Desde então, continuo em contato com o delegado da FIA ( todo mês ), sempre trocando idéias sobre este e outro projeto que estou desenvolvendo atualmente, também para a área do esporte a motor.

E a algumas semanas atrás, enviei a Charlie Whiting mais outro modelo de PCP que criei fazendo uma "variação" de um modelo que apresentei naquela reunião com os engenheiros em Paris.

Trata-se do PCP RETRÁTIL.

Este é um modelo mais simples. Consiste de um suporte em U fixo com dois pequenos
pistões hidráulicos ( semelhantes aos que acionam o DRS ) e quatro travas eletrônicas.
Acima disso estão equipadas e montadas as barras do PCP .

Funciona assim : 

Quando o F1 se move, os pistões sobem e as travas fixam automaticamente as barras do PCP na posição acima da cabeça do piloto, tornando a proteção normal.

Quando o carro para ( nos boxes ou por acidentes na pista ), as travas são automaticamente recolhidas e os pistões puxam a barra do PCP para baixo, deixando o caminho livre para o piloto sair do cockpit normalmente. . Além disso, caso haja algum peso sobre as barras, seus sensores não deixam o PCP abaixar, protegendo o piloto nos casos onde um carro acidentado pare sobre o cockpit. mesmo com o PCP acionado, o piloto consegue sair por entre as barras, devido ao dispositivo conservar o mesmo tamanho da abertura do cockpit do carro (e se necessário, ainda pode ter um botão de acionamento externo para os paramédicos).

Este conjunto ( de dimensões previamente reduzidas) é montado no interior do degrau do cockpit, ficando entre as paredes laterais e o protetor da cabeça do piloto 
( que deve ser remodelado ), utilizando parte do mesmo espaço.






http://www.loogix.com/images/261Zr


E abaixo vai a resposta que tive de Charlie Whiting, agora em abril de 2014.


"Dear Bira
Many thanks for your email, I'm very sorry for the slow response.

I'm sure that this device would help protect a driver's head in certain
accident scenarios and it also looks a lot more acceptable visually 
than some of the systems that have been sent to me around the world. 
The problem wouldbe providing the strength to protect against larger objects 
such as wheels and retaining acceptable visibility. 
As you know we've done a lot of research and testing on a variety 
of solutions and only one, rather ugly and cumbersome, 
solution has been found so far.
I will discuss this with the chief engineer of O.C.R.G FIA group and 
let you know what the expert thinks.
With best wishes

Charlie
Charlie Whiting
Formula One Race Director

FEDERATION INTERNATIONALE DE L'AUTOMOBILE"








Então a FIA vem estudando e testando, ao longo dos anos, equipamentos 
para aumentar a proteção da cabeça do piloto.
E o PCP RETRÁTIL está entre esses projetos. E quem sabe, pode vir 
a ser usado pela FIA na F1 nos próximos anos.....


Se acontecer, pode evitar futuros acidentes fatais envolvendo a cabeça do piloto,como o de nosso Ayrton Senna, e tantos outros ao longo da F1 e outras categorias de monopostos de cockpits abertos....




Saiba tudo sobre o projeto PCP em:
 
www.designerbira.blogspot.com.br/2009_07_31_archive.html


Comentários

VEJA TAMBÉM:

A teoria do possível "segredo" da asa traseira da Ferrari

MONOFORMULA BK

Estranho dispositivo no assoalho da Ferrari 2017

PCP TARGA

BICO FORCE INDIA 2017