PCP RETRATIL 4

Criei a quarta versão do PCP RETRÁTIL, muito semelhante a primeira versão criada no período de 2009 e apresentada aos engenheiros na sede da FIA em Paris em 2012. 

Nesta versão mudei apenas um pouco o design estrutural das barras de proteção e o sistema de ativação, que passa a ser horizontal.   
O PCP RETRÁTIL Mantém todas as características de pilotagem intactas do F1. 
Não possui "partes" na frente da visão do piloto, nem na pilotagem ou na hora de entrar e sair do F1.  Seria a versão praticamente INVISÍVEL do PCP ( protetor de cockpit ). 

Como é:
Possui estrutura e barras usinadas em titânio "cercando" o cockpit ( laterais e frente ). Na frente das barras existe uma pequena placa de policarbonato resistente que fará as vezes de para-brisa quando o equipamento estiver em uso. Todo o dispositivo fica abaixado, rente ao redor do cockpit. 
É acoplado a um sistema de acionamento e sensores espalhados pelo carro, praticamente iguais aos já existentes usados para AIR BAGS automotivos. 

Como funciona:
O piloto vai para as pistas como se nada de diferente existisse no carro. Sua visão, pilotagem, entrada e saída do carro são as mesmas de sempre.
Mas quando um objeto maior que uma bola de golf entra na área protegida pelos sensores, os mesmos automaticamente DISPARAM o PCP fazendo suas barras levantarem cercando todo cockpit. E como o mesmo possui um para-brisa frontal, o piloto fica totalmente protegido de impactos frontais, laterais e superior, de pequenos e grandes objetos, capotamentos, carros subindo sobre os outros, postes, cercas muretas, etc. 

Vantagens:

- É projetado como um ACESSÓRIO externo, que não exige grandes modificações no F1, evitando altos gastos e dificuldades em sua instalação, podendo ser instalado na maioria dos carros existentes hoje. 
-Pode usar toda a tecnologia já existente e testada a anos dos Air bags automotivos, mudando apenas os balões de ar por dois atuadores pneumáticos instalados nas barras traseiras do PCP ( ou ativado por sistema hidráulico). 
-Protege o piloto de todos os lados.
-A visão, entrada e saída do piloto do cockpit, continuam intactas, exatamente como é hoje,evitando também maiores problemas com rápidas saídas do piloto em casos de incêndio.
-A interferência na aerodinâmica do F1 é quase zero.
-Seu design acompanha e se camufla nas linhas do F1, deixando-o praticamente invisível, evitando mudanças bruscas no design dos carros.
-Possui área para patrocinador.

O PCP RETRÁTIL 4 é ativado quando:

- Em impactos fortes ( como os air bags) 
- Objetos pequenos ou grandes que entram na área da proteção dos sensores
- Só quando o F1 entra na pista
- Se o F1 inclinar mais que 60 graus ( protegendo em capotamentos )

Ele é desativado quando o F1:

- Entra na área dos boxes
- Quando está parado ( salvo se não existir qualquer "pressão " ou peso sobre as barras, neste caso as barras continuam erguidas e ativadas ).  
- Quando o piloto tira o volante
- Tem botão interno e externo de emergência para abaixar as barras, facilitando o trabalho dos paramédicos em pista.















O PCP RETRÁTIL 4, se pintado na cor do carro, praticamente desaparece. 
Só sendo notado caso dispare em algum acidente. 


Seria esse um dispositivo interessante a ser adotado pela FIA, podendo até substituir o Halo?
Deixe seu comentário....

autor deste projeto: Ubiratan Bizarro Costa
designer industrial automotivo

contato@bizarrodesign.com.br




criar banner


Comentários

VEJA TAMBÉM:

Dispositivo ISB - Indy Speed Brakes

COMO FUNCIONA O ESCAPE COANDA

FUNCIONAMENTO BANCO DE MACACO

Estranho dispositivo no assoalho da Ferrari 2017

MONOFORMULA BK

Design de Protetores de cockpit tipo ESCUDO